Carregando... Aguarde...
Home
BOLACHAS INTEGRAIS
CÁPSULAS
CASTANHAS E OLEAGINOSAS
CESTAS E KITS
FARINHAS E FARELOS
FARINHAS FUNCIONAIS
FRUTAS DESIDRATADAS
GRANOLAS
GRÃOS E SEMENTES
MEL E AÇUCARES
ÓLEOS
PRODUTOS DIET
PRODUTOS ORGÂNICOS
PRODUTOS SEM GLÚTEM
PROTEÍNAS
SUCOS
SUPLEMENTOS ALIMENTARES
TEMPEROS E CHÁS
CEREAIS E GRÃOS

Newsletter



Passe o mouse na imagem para zoom

  • Imagem 1



RAÇÃO HUMANA TRADICIONAL 1 KG
Avaliação dos clientes: ( )




Compartilhe




  • Descriçao do Produto
  • Comentários de Clientes
  • Video do Produto

A farinha conhecida como ração humana, que é resultado de uma mistura de produtos à base de fibras, continua causando uma série de dúvidas. A principal delas é como consumi-la e como dosar as quantidades. 

 


Para aproveitar os benefícios e os componentes da ração humana, a nutricionista Fernanda Bortolon recomenda que ela seja adicionada à vitaminas, sucos, iogurtes, com leite de soja ou desnatado, frutas e até mesmo aos ingredientes de bolos (confira a receita no final da matéria). 

A mistura também pode servir de complemento em refeições como no arroz, feijão, na sopa e até para elaboração de pratos como omeletes e crepes. 

— A quantidade recomendada é duas colheres de sopa ao dia. Isso significa aproximadamente 80 calorias, podendo sofrer variações — orienta a nutricionista. 

Fernanda alerta, porém, que devemos ficar atentos quanto à quantidade de calorias presentes na composição, que pode variar de acordo com o lugar da compra. 

— A introdução desta farinha na dieta, quando ocorre por orientação de um profissional pode ser muito positiva, enquanto que seu uso desorientado, principalmente com relação à substituição de refeições não é recomendado — diz ela. 

Uma das composições possíveis, e a mais amplamente difundida, é a seguinte: 

- 250 g de fibra de trigo 

- 125 g de leite de soja em pó (extrato de soja) 

- 125 g de linhaça marrom 

- 100 g de açúcar mascavo 

- 100 g de aveia em flocos 

- 100 g de gergelim com casca 

- 75 g de gérmen de trigo 

- 50 g de gelatina sem sabor (Agar-agar) 

- 25 g de guaraná em pó 

- 25 g de levedo de cerveja 

- 25 g de cacau em pó 

 

08-racao_humana03.jpg
Cuidado com alguns ingredientes 

Alguns consumidores precisam estar atentos. Pessoas com diabetes devem procurar a versão DIET, que não contém açúcar mascavo. Quem tem pressão alta deve procurar, ou fazer, uma mistura sem guaraná em pó. 

A nutricionista Julia Dubin chama atenção para as fibras, que em excesso podem trazer transtornos: 

— As fibras em excesso podem causar gases, constipação e distensão abdominal. 

Benefícios da ração 

Quanto aos benefícios, de acordo com Fernanda, há uma lista extensa. Regularização do intestino, melhora da disposição física, auxílio no combate à flacidez, prevenção das doenças cardiovasculares, prevenção dos sintomas da menopausa, aumento da saciedade, e inibição da absorção de gorduras pelo organismo, são os principais. 

— A maioria destes benefícios é consequência das propriedades dos próprios ingredientes, mas nem todos são reais. A regularização do intestino de fato ocorre com o consumo regular do produto, por causa da ação das fibras, presentes na fibra de trigo, na linhaça, na aveia e no gérmen de trigo, que melhoram o trânsito intestinal — explica ela. 

A aveia presente na ração humana pode também auxiliar a diminuir a absorção de gorduras pelo organismo, porém não são todos os tipos de gorduras que são compatíveis, portanto é necessário controlar da ingestão delas, principalmente as do tipo trans e saturadas. 

Segundo Fernanda, a melhora da disposição física pode ser relacionada a presença do guaraná em pó, que possui cafeína, podendo melhorar a capacidade de alerta e melhora da fadiga. Justamente por causa da cafeína, pode ocorrer aumento da pressão em indivíduos hipertensos ou que possuem doenças cardiovasculares. 

O gergelim presente na fórmula possui em sua composição ferro, fósforo, potássio, magnésio, sódio, zinco e selênio, conferindo-lhe função antioxidante. 

— A presença de diversos alimentos ricos em fibras, como a linhaça, rica em ômega-3, podem auxiliar na prevenção de doenças cardiovasculares — afirma a nutricionista. 

Escreva seu próprio comentário para o produto

Comentários Enviados

Este produto não recebeu nenhum comentário até agora. Seja o primeiro e enviar um comentário para este produto!